Recapitulação e final do episódio 2 de ‘Sweet Home 2’: Para onde Eun-U quer ir?

No episódio 1 de Sweet Home 2, recapitulamos quem ainda está por aí e o que os militares estão fazendo. Yi-Kyung está indo rapidamente até seu noivo depois de ouvir que aqueles que eram considerados infectados especiais agora são inúteis para os cientistas encarregados de testá-los. Por outro lado, Eun-U pega uma arma e a usa para ameaçar alguns soldados (que salvaram sua vida) para escoltá-la até um local específico. Um dos soldados parece estar interessado em realmente ajudar a gangue da Casa Verde, enquanto o outro não se importa com nada além de matar os monstros e sobreviver. Hyun-Su, por outro lado, finalmente chegou ao abrigo para fazer experiências, trazendo consigo um doce presente envolto em sangue e vergonha: Ui-Myeong, o fugitivo.

Spoilers à frente

Para onde Eun-U leva a gangue?

É bastante óbvio que Eun-U ainda está procurando por seu meio-irmão. Eun-Hyuk prometeu a ela que voltaria em segurança, e ela não deixou esse pensamento sair de sua mente. É claro que os outros residentes não estão interessados ​​em voltar para a Casa Verde; há uma horda de monstros aguardando seu retorno. O episódio 2 de Sweet Home 2 começou com um flashback de quando Eun-Hyuk e Ji-Su conversaram. Eun-Hyuk diz a Ji-Su para cuidar de sua irmã e dos residentes porque ele sabia naquela época que não seria capaz de voltar para eles. Provavelmente porque ele sentiu os sintomas da conversão chegando. Agora, quando eles chegam à Casa Verde, o soldado não tão bom diz a Eun-U para parar de jogar, mas Ji-Su tira a arma dela para que Eun-U possa fechar o jogo e voltar para eles em segurança. Ji-Su ameaça o soldado (ela é bastante selvagem ao fazer isso) enquanto Eun-U volta para o antigo prédio. Ela encontra o CD player de Eun-Hyuk e suas anotações sobre quem sobreviveu, sofreu mutação e morreu. Eun-U vê seu nome sob a mutação, mas ainda não quer acreditar que ele se foi para sempre. Enquanto isso, há um monstro estranho que parece uma nuvem de tempestade em algum lugar perto dela, mas não se move. Não veremos isso no resto do episódio, mas pode ser uma dica do que aconteceu com Eun-Hyuk.

Jae-Hwan (o morador que sempre foi obcecado por sua aparência) quer sair do local e tenta lutar contra Ji-Su, então os soldados os levam de volta ao acampamento em segurança. Chan-Young, o soldado simpático (e bonito), impede todos de lutar enquanto o outro cara encontra Eun-U e começa a espancá-la por ferir seu ego, é claro. Ele até saca a arma para ela, mas Chan-Young o impede. O outro soldado diz a Chan-Young para amarrar todos e ir embora, porque ele realmente se preocupa com sua própria sobrevivência. Chan-Young diz a Eun-U (esses dois definitivamente vão ser uma coisa) que ela pode facilmente escapar do nó porque ele o amarrou frouxamente de propósito. Nesse ínterim, Myung-Sook, um dos moradores que se tornou um monstro, caminha em direção aos moradores em forma humana, completamente nu e coberto por uma substância pegajosa. Ela desejava se reunir com seu bebê, então sua forma monstruosa era um útero com um bebê dentro. Agora ela parece vazia e confusa enquanto caminha, mas seus olhos não estão pretos, e talvez ela tenha voltado à sua forma humana e precise de ajuda para se lembrar novamente. Infelizmente, o soldado malvado não liga para o sentimentalismo e bate nela com um caminhão, derramando óleo sobre ela para queimá-la até a morte. Chan-Young tenta impedi-lo, mas ele faz um discurso sobre como todos os monstros devem morrer antes de serem perfurados na cabeça pela mão (mais parecida com um galho) do monstro cego (do jeito que eu ri).

Young-Su gesticula para Chan-Young que o monstro cego tem audição aguçada e os tira do perigo, pronto para atirar nele a qualquer momento. Eles encontram um ônibus, e Jae-Hwan está pronto para deixar Chan-Young para trás, que está sendo esmagado pelo monstro ocular a esta altura. Eun-U impede Jae-Hwan de ir embora, e Chan-Young consegue esfaquear o monstro e sair de suas garras graças ao monstro cego (bela combinação). Por fim, ele chega ao ônibus e assume o volante. Eles pegam um velho armado, outro sobrevivente, na saída.

O que está acontecendo com Hyun-Su?

Hyun-Su é despido e levado para um quarto escuro para experimentação. Ele tem certeza de que pode ajudar a curar a humanidade e pergunta ao cientista (Dr. Lim, a quem voltaremos daqui a pouco) o que ele deve fazer para atingir esse objetivo. O cientista apenas diz para ele se preocupar com o experimento atual, que enfrenta um “monstro vermelho”. Esses são do tipo que ficam furiosos no local do sangue. A princípio, o monstro luta contra Hyun-Su, que não revida. Ele permanece em sua forma humana, nem mesmo seus olhos ficam pretos com a ameaça. O monstro morde o pescoço de Hyun-Su, e seus olhos ficam brancos (você sabe, como aquele garoto psíquico em GOT?). Hyun-Su vê a vida humana do monstro passar diante dele. Parece que o monstro também vê, o que o faz se acalmar imediatamente. Hyun-Su tem uma corrente de metal em volta do pescoço e o monstro a quebra. O monstro era um jogador de tênis que ficou terrivelmente doente devido ao que parecia ser uma doença crônica antes de se transformar em um monstro. O monstro diz a Hyun-Su que ele só quer que a dor pare antes que os cientistas venham e o queimem, enquanto Hyun-Su grita em protesto. Hyun-Su ainda é ingênuo e confia no cientista porque ele é capaz de criar uma vacina. Lim é estranho em seu comportamento e até estende a mão para tocar Hyun-Su sem realmente fazê-lo (arrepio). Ele diz a Hyun-Su que eles já criaram uma vacina, mas ela acabou. Hyun-Su pede a Lim para fazer isso de novo porque, com a presença dele, as coisas vão dar certo (o garoto de repente ficou muito confiante). Lim diz a Hyun-Su que ele acabará implorando para ser morto pelos cientistas se permitir que trabalhem nele, mas Hyun-Su não se importa, desde que a humanidade seja salva.

Como o Dr. Lim reconhece Yi-Kyung?

Yi-Kyung está finalmente a centímetros da verdade, mas não consegue entrar no covil do Dr. Lim. Dr. Lim, que por acaso está lá quando ela tenta entrar, a reconhece instantaneamente, e ela fica surpresa quando ele se dirige a ela. No entanto, ele só está animado para ver o noivo reagir à sua presença. Ele a deixa entrar na seção segura com seu próprio crachá, já que o que foi roubado não funcionou. No segundo em que ela entra, ele fecha a porta para garantir que ela não possa escapar. Ele provavelmente tem planos de observá-la dentro das instalações, no entanto, ele é atacado por alguns soldados e fica inconsciente, deixando Yi-Kyung preso lá dentro com sabe-se lá que tipo de monstros.

Quem é Mh 1?

Dr. Lim chama os infectados especiais de MH, “humanos monstros” (uau, que inovação). MH-1 é o primeiro deles, MH-2 o segundo e assim por diante. Ui-Myeong deveria se tornar MH-6, mas os médicos presumem que ele está morto. No entanto, ele acorda do nada e ataca os médicos que o examinam. Ele ainda é incapaz de usar seus poderes e nem consegue se levantar, mas desliza pelo chão e sai da sala. Ele chega ao quarto do MH-1 e se reencontra com um velho amigo. Não sabemos nada sobre esse monstro, mas ele tem rosto humano e um corpo muito magro que parece desnutrido. Este é possivelmente o cara de Yi-Kyung. Ui-Myeong fica grato por vê-lo e toca seu corpo; talvez ele se sinta conectado a ele dessa forma.

O que acontece com Jae Hwan?

Chan-Young para o ônibus porque a pequena Young-Su quer usar o banheiro. No pouco tempo que eles passam, Jae-Hwan acorda Su-Young, perguntando se ele está bonito. Ela fica horrorizada ao ver bolhas estranhas por todo o rosto (tripofobia TW). Ela tenta fugir dele, mas ele a sufoca, repetindo a pergunta centenas de vezes. Ele, é claro, virou. Su-Young fica inconsciente antes que todos acordem no ônibus e saiam correndo. O velho atira em Jae-Hwan, agarrando Su-Young para tirá-la de lá. O corpo de Jae-Hwan sofre ainda mais mutações e fica completamente contorcido. Seu rosto se move para o torso, e é uma confusão plana de características faciais e inchaços (imagine um Bob Esponja, mas mais feio e em forma humana). skin forma). O velho derrama óleo perto do ônibus para colocar fogo em Jae-Hwan, mas Jae-Hwan vê seu reflexo e começa a gritar. O tom dos gritos dele é muito alto e chega a quebrar o vidro do ônibus (isso não é ópera, meu cara). Todo mundo tem os ouvidos tapados, então ninguém pode atear fogo nele. Ji-Su, provavelmente pensando em sua promessa a Eun-Hyuk, decide tirar uma das mãos, pegando a tocha e mirando nele. Su-Young não está acordando (isso foi tão desnecessário!), e Ji-Su tem sangue escorrendo pelos ouvidos (como ela vai tocar baixo de novo, TT).